Banner Governo

Vídeo mostra oficial da Força Tática matando PM da Inteligência por engano

29 de maio de 2020 Fonte::

Vídeo da câmera de segurança de um posto de combustível, localizado no cruzamento das avenidas Rubens de Mendonça (do CPA) e Mato Grosso, em Cuiabá/MT, flagrou o momento em que o soldado Ricardo Ferreira de Azevedo, integrante da 21ª Companhia de Polícia Militar (21ª Cia Centro), é baleado e morto por um oficial da Força Tática, na última quinta-feira (28). Nas imagens, é possível ver que o acusado chega atirando contra a vítima.

Nas imagens, é possível ver o exato momento em que o policial militar, à paisana, aborda um dos motociclistas. Rapidamente, uma viatura da Força Tática para na frente do posto e, antes que houvesse qualquer reação, um dos integrantes da equipe atira e atinge o soldado Ricardo Azevedo.

VÍDEO:

A vítima cai atrás da bomba de combustível, ferida, enquanto que os policiais da Força Tática se aproximam.  Depois, é possível ver os PMs da unidade levando o soldado para a viatura e levando-o para o pronto-socorro.

Em nota, a corporação lamentou a perda trágica e precoce do policial e informou que todas as medidas para apuração já estão sendo tomadas, inclusive com o afastamento preliminar dos envolvidos para atividades internas.

O soldado é do serviço de inteligência e trabalhava na coleta de informações sobre tráfico/uso de drogas, roubos, furtos e demais crimes na região central da Capital.

Já no término das atividades do dia, ele e sua equipe foram auxiliar uma equipe do Batalhão Rotam, que procurava uma moto com ocupantes supostamente vinculados a crimes. Ao chegarem ao posto de combustível que fica no cruzamento das avenidas Rubens de Mendonça (do CPA) e Mato Grosso, identificaram  uma moto com as mesmas características da informada.

No local, por volta das 21h40, a equipe da Força Tática se deparou com a ação realizada pela equipe do soldado Azevedo, não o identificou, e efetuou o disparo.

Azevedo deixa esposa e filhos. O local do velório e sepultamento não foram informados.

Envolvidos em morte de PM da inteligência pela Força Tática são afastados

A Polícia Militar afastou, preliminarmente, os policiais envolvidos na morte do soldado Ricardo Ferreira de Azevedo, integrante da 21ª Companhia de Polícia Militar (21ª Cia Centro), de Cuiabá, atingido por um disparo de uma equipe da Força Tática do 1º Comando Regional, na noite da última quinta-feira (28).

Em nota, a corporação lamentou a perda trágica e precoce do policial e informou que todas as medidas para apuração já estão sendo tomadas, inclusive com o afastamento preliminar dos envolvidos para atividades internas.

“Os demais procedimentos de Polícia Judiciária Militar ocorrem na Corregedoria de Polícia Militar. A PM está dando atenção e assistência aos familiares do soldado Azevedo”, diz trecho da nota.

O soldado é do serviço de inteligência e trabalhava na coleta de informações sobre tráfico/uso de drogas, roubos, furtos e demais crimes na região central da Capital.

Já no término das atividades do dia, ele e sua equipe foram auxiliar uma equipe do Batalhão Rotam, que procurava uma moto com ocupantes supostamente vinculados a crimes. Ao chegarem ao posto de combustível que fica no cruzamento das avenidas Rubens de Mendonça (do CPA) e Mato Grosso, identificaram  uma moto com as mesmas características da informada.

No local, por volta das 21h40min, a equipe da Força Tática se deparou com a ação realizada pela equipe do soldado Azevedo, não o identificou, e efetuou o disparo. Levado imediatamente para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), o militar passou por uma cirurgia, porém não resistiu e morreu.

Azevedo deixa esposa e filhos. O local do velório e sepultamento não foram informados.

Fonte: Olhardireto

Comentarios