SOLIDARIEDADE: Mãe e os seis filhos estão passando fome em Porto Velho e pedem ajuda

13 de janeiro de 2022 Fonte:: Rondoniaovivo

A única refeição da família nos últimos dias tem sido arroz e farinha
A realidade de muitos brasileiros nos últimos anos é de sofrimento para dar o mínimo de conforto para os filhos serem criados com alguma dignidade. Isso é o que vem passando a dona Fabrícia Damaceno.

Mãe solteira, com seis filhos, que mora de favor em uma casa simples de alvenaria cedida por uma amiga, na Rua Magno Arsolino, bairro Cidade Nova, zona Sul de Porto Velho.

Na maioria dos dias, a principal refeição para os sete moradores da casa (incluindo uma bebê de apenas quatro meses de vida) é apenas arroz com farinha.

“Eu não tenho guarda-roupas e eletrodomésticos. Nossas poucas roupas ficam pela casa. As crianças precisam de material escolar, mais roupas, sapatos, fraldas para a neném e cesta básica para ajudar na alimentação. Não é luxo, mas apenas o mínimo para gente ficar bem. Não tenho nem escorredor para colocar a louça. Não tenho geladeira nem bomba para puxar água”, lamentou Fabrícia Damaceno.

Andando pela casa, realmente não há nem o mínimo para uma família viver de maneira adequada. A casa não tem reboco, nem ventilador. Como ela está sem gás, a comida (quando tem), é feita em um forrageiro a lenha, improvisado em uma pilha de tijolos no quintal de casa.

Os filhos têm as mais variadas idades: Jonatas de 06 anos, Henrique de 13, Gabriel de 12, Ester também com 12 anos, uma garotinha com 04 anos e a caçula com apenas 04 meses de idade. A história dela é igual a de milhares de famílias espalhadas pelo país: destruída pela bebida alcoólica.

“Tudo o que vier, é bem-vindo. Estou precisando muito. A situação não está fácil para mim. Só Deus sabe o que eu passo. Eu me separei do pai delas, porque ele bebia muito. Quando estava bom, era uma pessoa. Quando estava bêbado, era outra. Passava da conta, ficava agressivo. Então, eu deixei para lá e decidi ficar sozinha com meus filhos. Não tem como trabalhar com essa quantidade de crianças”, disse ela.

Sem café

Fabrícia disse ainda que nunca recebeu o Bolsa Família e nem está recebendo o novo Auxílio Brasil, que dá 400 reais para as famílias mais pobres.

Uma vizinha que chamou o Rondoniaovivo para ver as condições de vida de dona Fabrícia Damaceno relatou um pouco do drama vivido pela mulher e os filhos todos os dias.

“Eu não tenho como ajudar muito ela, porquê também sou mãe solteira. Hoje as crianças não tomaram café. Nem ontem. Hoje, comeram um pouquinho de arroz com farinha, mas já estão com fome. Quem puder ajudar, ajude. Ela precisa muito”, disse a amiga da família.

Quem puder fazer alguma doação pode entrar em contato com ela no número (69) 99216-7687 (com WhatsApp) ou podem fazer PIX na mesma chave (telefone), em nome de Fabrícia Damaceno da Hora.

“Quem quiser vir ver a minha situação, pode vir. Não estou mentindo. Minha situação é terrível”, finalizou Fabrícia.

Assista o Video: Mãe e seis filhos estão passando fome e pedem ajuda

Comentarios