“Novo Cangaço” é procurado por mais de 100 policiais após aterrorizar Mato Grosso em roubo à banco

9 de junho de 2021 Fonte:: Repórter MT

O governador Mauro Mendes (DEM) garantiu, na manhã desta terça-feira (08), que as Forças de Segurança de Mato Grosso estão empenhadas para capturar os bandidos que utilizaram reféns como escudo humano, durante o roubo de duas agências bancárias no interior.

Esse tipo de modalidade de assalto é chamado de ‘novo cangaço’.

O crime foi registrado na última sexta-feira (04), quando uma quadrilha composta por pelo menos 15 criminosos invadiu uma Cooperativa de Crédito, no Centro de Nova Bandeirantes (1026 km da Capital).

Após o roubo, os bandidos fugiram para uma região de mata. De acordo com Mauro, mais de 100 policiais estão no município para capturar os criminosos.

A determinação é sempre agir com rapidez, com celeridade, cumpra-se a lei, com o rigor da lei, vá para campo, tem muita gente, mais de 100 policiais na região, Bope está lá com duas equipes, apoio aéreo do Ciopaer tentando encontrar esses bandidos”, afirmou.

A equipe de inteligência está fazendo um belíssimo trabalho. Eu, ontem, acompanhei pessoalmente o trabalho, com o secretário [Alexandre] Bustamante, algumas das ações que estão sendo implementadas, mas eu posso garantir aos senhores que existe empenho máximo hoje da nossa polícia na região para prender esses bandidos”, completou governador.

O roubo

A Polícia Militar informou que o bandido invadiu a agência bancária por volta das 10h da manhã. Armados com metralhadoras, fuzís e escopetas, os bandidos renderam funcionários e clientes, que foram colocados em fila na porta do banco e sem camisa, como escudo humano.

Assim que pegaram o dinheiro, os bandidos colocaram as vítimas em uma caminhonete e as levaram como reféns durante a fuga.

A informação preliminar é de que o bando teria apoio de um avião para fazer o transporte de todos, mas em determinado momento, os criminosos abandonaram os reféns e fugiram para uma região de mata.

Comentarios