Morre de Covid-19 em Ouro Preto do Oeste, Geni Oliveira, 3 dias após a morte do marido e do cunhado

14 de abril de 2021 Fonte:: Correiocentral

Foi confirmado na madrugada desta quarta-feira (14/04) o falecimento de Geni Estevam de Oliveira, paciente de Ouro Preto do Oeste (RO) que contraiu Covid-19, e estava internada em Porto Velho, entubada em uma UTI do Hospital de Amor da Amazônia.

Na madrugada domingo (11/04), havia falecido em decorrência do vírus Gumercindo Fortunato, 66 anos, esposo de Geni, que também estava em uma UTI de um dos hospitais de Porto Velho, capital do estado de Rondônia, que recebem pacientes do interior.

Na mesma noite em que Gumercindo faleceu, veio a óbito Natalino Luiz de Farias, aos 68 anos, cunhado de Geni, que estava internado e intubado em uma UTI do Hospital da Campanha (HCamp) da capital.

O falecimento de três membros de uma mesma família de Ouro Preto do Oeste, é mais um capítulo negro de dor e sofrimento pelo qual passam familiares de pessoas que morreram após contrair o novo Coronavírus.

No boletim diário de ontem, terça-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau/RO) e a Agevisa atualizaram os dados e incluíram mais quatro óbitos para a Estância Turística Ouro Preto do Oeste, elevando para 96 o número de mortes de pacientes acometidos da doença.

No entanto, os dados não são atualizados diariamente em razão de tantos números a serem mensurados todos os dias. O óbito de Geni eleva para 97 o número de mortes até o momento.

Comentarios