Jaru: Polícia Militar age rápido e conduz apenado que rompeu tornozeleira pois não queria mais usa-la – VÍDEO

5 de abril de 2019

Nesta sexta-feira (05) a polícia militar recebeu a denúncia que o indivíduo W.P.d.S havia rompido a tornozeleira de monitoramento eletrônico e teria sido visto transitando sem ela.

O referido monitorado havia sido preso em flagrante no dia 31/03/2019 sob a acusação de tráfico de entorpecentes, confira a matéria AQUI. Diante dos fatos a guarnição entrou em contato com a Central de Operações, que por sua vez entrou em contato com o monitoramento, que informou que o apenado estava realmente monitorado, porém não estava sendo localizado no sistema de monitoramento.

Com base nas informações a guarnição se deslocou até a casa do apenado, onde não foi localizado, e posteriormente à casa de sua mãe, onde foi localizado e constatado que estava sem a tornozeleira. Indagado sobre o motivo de estar sem a tornozeleira eletrônica o apenado alegou que não queria usa-la e que teria rompido e jogado fora.

O apenado então indicou o local em que havia sido jogado a tornozeleira e o carregador da mesma, a guarnição solicitou apoio das guarnições Alfa e do Patamo, tendo em vista ser um local de difícil acesso, foi realizado buscas no local indicado onde estaria a tornozeleira, porém sem êxito.

Os policiais durante as buscas receberam informações de vizinhos da mãe do acusado que relataram que o mesmo estava vendendo entorpecentes no local, desde quando foi liberado com a tornozeleira, porém nenhum quis testemunhar o fato com medo de represálias. Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao conduzido e  apresentado na Unisp para providencias cabiveis .

FONTE: JARUNOTICIA

Comentarios
 EVENTO