banner gov

JARU: Pai acusa médicos do HM de negligência após filho morrer na barriga da mãe

26 de maio de 2020 Fonte::

O que era para ser a realização de um sonho na vida de um casal acabou se tornando um pesadelo, no último domingo(24), quando após a realização de um parto cesariana feito as pressas no Hospital Municipal Sandoval de Araújo Dantas, o bebê do casal foi retirado já sem vida da barriga da mãe.

Diante da situação, o pai inconformado, teria feito postagens em redes sociais, nas quais acusava os servidores da Unidade de Saúde de negligência médica.

De acordo com relatos, ele teria levado a esposa ao HM no dia 13, já que a mesma estaria apresentando pequenos sangramentos, porém durante o atendimento, a médica teria dito que era normal e a mandou para casa.

Porém no dia 21 a gestante teria novamente passado mal, retornando com o esposo ao
HM, onde novamente foi medicada e o médico ainda teria receitado o uso de Buscopan para amenizar as dores e em seguida orientou a ir para casa e fazer caminhada para ajudar na hora do parto, e somente
retornar quando as dores não fossem mais suportáveis.

No último domingo(24), o casal teria retornado ao Hospital, já que haviam dois dias em que a mãe não sentia o bebê se mexer, e após realização de exames, foi constatado que não havia batimentos cardíacos, sendo então a mãe submetida a uma cesariana, onde a criança foi retirada já sem vida.

O pai fez diversos desabafos em redes sociais, pois segundo ele, o momento em que era para ser de muita alegria, teria tornado um pesadelo, e acusa os médicos de negligência por não terem tirado a criança quando a mãe disse estar sentindo dores, na última quinta feira(21), pois se assim tivessem feito, teriam salvo a vida do filho.

A criança foi sepultada no cemitério municipal, e a mãe permanecera aos cuidados do HM.

A secretaria de saúde informou através da assessoria que está apurando o caso.

Comentarios
banner site