banner gov

Em Ouro Preto do Oeste morreram 5 idosos nos últimos 4 dias; ontem foram 3 óbitos

25 de março de 2020 Fonte::

A reportagem do site Correio Central fez um levantamento dos óbitos registrados na cidade de Ouro Preto do Oeste e constatou que entre sábado (19/03) e ontem, terça-feira (24/03), foram sepultados cinco idosos nos dois cemitérios da cidade, somente ontem foram quatro sepultamentos, três mortes foram de idosos com idade com idade acima de 80 anos, o 4º óbito foi de uma mulher de 47 anos, que tinha doença cancerígena na bexiga.

Ao todo, foram registrados óbitos de idosos na cidade de terça a terça, contando três mortes ocorridas entre a terça-feira (17), e a quinta-feira (19) da semana passada, de pacientes com 62 anos, 86 e 91 anos que morreram, dois no HM em Ouro Preto do Oeste e um no HCR em Ji-Paraná. 

No entanto, nenhuma das mortes tem suspeita de sintomas de coronavírus, apesar de os atestados de óbito dos idosos informar sintomas de pneumonia e complicações respiratórias. Não foram realizados exames de coronavírus nos idosos, mas a Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU) informou que os pacientes, cujos laudos foram emitidos no Hospital Municipal, não diagnosticaram sintomas do Covid-19 nos pacientes.

A reportagem teve acesso aos atestados de óbito dos cinco pacientes que faleceram de sábado até esta terça-feira, embora sejam comuns as mortes de idosos nessa época do ano, o índice de óbitos não é normal o que reforça a necessidade de pessoas com idade acima de 60 anos não saírem de casa.   

As 5 horas da manhã de ontem foi registrado o falecimento da idosa Maria Joaquina FerreiraOntem, na Associação Vida Nova houve o velório e sepultamento da idosa Doralice Galvão de Oliveira, de 87 anos, que residia no Jardim Aeroporto II. O laudo do médico legista aponta que a causa da morte foi infarto cardíaco e enfisema pulmonar. 

Na Vida Nova também houve o velório do idoso Manoel Vieira Matos, de 85 anos, que morava no Jardim Aeroporto e faleceu às 3h50 da madrugada no Hospital HCR em Ji-Paraná. Ele tinha complicações renais e faleceu por infecção pulmonar (sepse), segundo o laudo do médico legista.

Na funerária da Associação Paxpassbom, localizada na Avenida Duque de Caxias, houve o velório da idosa Maria Joaquina Ferreira, que residia no Bairro Nova Ouro Preto. Na página da funerária no facebook, não consta a idade da idosa, e a reportagem não teve acesso ao laudo médico.  

A quarta morte registrada foi de uma mulher, Maria Aparecida da Silva, de 47 anos, vítima de doença renal crônica de um câncer na bexiga. O óbito ocorreu em um hospital de Ariquemes, mas o corpo de Maria está sendo velada na Associação Vida Nova e será sepultada no cemitério Campo Santo.

No sábado faleceu na cidade o idoso Floriano José de Paula, de 97 anos, que morava no Jardim Novo Estado. o atestado de óbito informa que ele teve uma parada cardiorrespiratória. 

No domingo, a Associação Vida Nova realizou o velório do idoso Augusto Kutikoski, de 79 anos, vítima de um choque cardiogênico provocado por uma pneumonia. O idoso residia no Jardim Aeroporto e morreu no Heuro, em Cacoal.

Na quinta-feira, dia 19, faleceu no HCR em Ji-Paraná Herluzes Vieira Coelho, 63 anos, membro de família pioneira em Ouro Preto do Oeste que ultimamente residia no município de Mirante da Serra. A descrição do laudo assinado pelo médico legista aponta que a morte ocorreu por A.V.C/ hipertensão. Terça-feira, 17 de março, a Associação Vida Nova providenciou o velório de dois idosos, de 91 e 86 anos. Um deles morreu no HM, mas foi sepultado na região de Jaru.

Fonte: CorreioCentral

Comentarios
banner site