Degradação do Rio Mororó em Jaru preocupa Ministério Público e foi tema de audiência pública

13 de agosto de 2019

 

Foram constatadas edificações em áreas de preservação e esgoto jogado diretamente no rio. Mais de 30 produtores rurais foram convidados para assinar o termo de ajuste de conduta (TAC).

Uma Audiência Pública foi realizada na noite de segunda-feira (12) para discutir a degradação e apresentar ações para recuperação do Rio Mororó que passa por importantes bairros de Jaru (RO) distante 290 quilômetros de Porto Velho. Mais de 30 produtores foram convidados para assinar o Termo de Ajuste de Conduta (TAC). A prefeitura recebeu o documento com medidas para revitalização do rio no perímetro urbano.

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) realizou a audiência para apresentar o levantamento sobre a degradação do Rio Mororó na zona rural e perímetro urbano do município. Mostrando a degradação provocada pela retirada da mata ciliar e edificações de residências em Área de Preservação Permanente (APP).

Para o promotor de Justiça Fábio Casaril o auditório lotado demonstrou o engajamento popular na revitalização do rio. “Foi um ótimo público, faltaram poltronas, pessoas ficaram de pé”, disse.

Por: Por Rinaldo Moreira, G1 Ariquemes e Vale do JamariG1 RO

Comentarios